terça-feira, 29 de janeiro de 2019

Passo a Passo de Como Sair das Dívidas

INTRODUÇÃO


Amiguinhos do meu coração, se você está lendo este artigo pois seu problema é com cartão de crédito, então leia este artigo "Como Eliminar Dívidas de Cartão de Crédito", mas se sua dívida é daquelas que só o feirão da conciliação nos acuda, então você está no lugar certo.

Neste Artigo Você Vai Ler:


  • Passo 1 de Como Sair das Dívidas;
  • Passo 2 de Como Sair das Dívidas;
  • Passo 3 de Como Sair das Dívidas;
  • Passo 4 de Como Sair das Dívidas.
Sabe eu poderia ter colocado o título do artigo "os 4 passos para sair das dívidas", mas aí ia ficar muito com cara daqueles ebooks gratuítos sabe?.... bora pro artigo miserávi!!!!


Passo 1 de Como Sair das Dívidas: Fazer Uma Auditoria nas Contas


Como Bater o Mercado

O primeiro passo dessa jornada é fazer uma auditoria nas suas contas, a primeira coisa jovem gafanhoto é sentar a bunda na cadeira junto da sua família e procurar quais são os vazamentos de dinheiro do seu orçamento, você vai se surpreender em como o cafézinho e a pizza são verdadeiros vilões do orçamento familiar, somado a facilidade de gastar com cartão de crédito.

Passo 2 de Como Sair das Dívidas: Cortar os Supérfluos


Como Bater o Mercado 

Sabe aquela NETFLIX?  Diga bye bye, sabe aquela TV a cabo com TODOS os canais que você não assiste nem 10%? Cancela neném, sabe o seu celular pós-pago que fala ilimitadamente com outras operadoras, mas que ninguém usa outras operadoras? Muda de plano cabeção. E por aí vai, você tem que ver o que você realmente não está precisando e vai espremendo, R$10,00 aqui, R$5,00 ali, R$30,00 acolá, até que sobra uma graninha de uns R$100,00 no fim das contas que estavam lhe fazendo falta não é mesmo?

Passo 3 de Como Sair das Dívidas: Negociar as Dívidas

 
Como Bater o Mercado

No passo anterior você descobriu quanto dinheiro deu pra espremer do seu salário, agora você precisa descobrir quanto você está devendo e pra quem está devendo, neste ponto é muito importante não aceitar qualquer negociação sem antes conhecer todas as suas possibilidades, aqui vou listar algumas opções:
  • Conseguir um financiamento com juros menores, as parcelas do seu financiamento devem ser de no máximo o valor que você tinha espremido no passo anterior e muito cuidado aqui pra não ser ludibriado, quando eu digo juros mais baixos, não estou falando da taxa de juros mais baixas e sim dos juros que você está pagando efetivamente ao final da quitação das dívidas, leia os contratos e ponha na ponta do lápis, afinal de nada adianta você dever R$30.000,00 e após a negociação você sair devendo R$40.000,00 por causa de uma parcela que cabe no seu bolso. "Vai besta!!!".
  • Não tenho crédito pra refinanciar minhas dívidas e agora? Agora é pegar as dívidas que tem a taxa de juros mais altas e procurar uma negociação a parte para cada dívida, entendeu? Você paga dívida a dívida, uma de cada vez, priorizando a dívida que tem a maior taxa de juros, maaaaaaasss, há controvérsias, se por exemplo, você tem uma dívida de R$100,00 e paga juros de 1% a.m. e outra  de R$10,00 que você paga 10%a.m., com R$100,00 em mãos eu quitaria a de R$100,00 primeiro pois os juros que eu vou pagar acabam sendo muito maiores dos que os juros da de R$10,00 caso eu deixe a de R$10,00 pro próximo mês. Portanto faça um planejamento, se pergunte qual a dívida vai crescer mais rápido, essa deve ser sua prioridade, faça uma conta na ponta do lápis e veja se vale a pena começar por essa dívida ou por outra e é só correr para o abraço.
  • Chore, mas chore muuuuuuuiiiiiiiitooo na hora da negociação, invente mil e uma desculpas para abaixar a taxa de juros que vão te cobrar na negociação e seja feliz.
  •  Se de tudo, de tudo der errado e você se tornar um SUPER ENDIVIDADO.....


..... aí pequeno gafanhoto(a), só mesmo o Programa de Apoio ao Superendividado (PAS) do PROCON poderá te defender segue o link http://www.procon.sp.gov.br/categoria.asp?id=573


Passo 4 de Como Sair das Dívidas: Ganhar Mais Dinheiro

Bom você fez tudo como mandou o script, espremeu as contas, fez as negociações e até descobriu como é a vida boa de quem gasta pouco e está até começando a perceber que dá pra gastar menos ainda (está se tornando um verdadeiro e legítimo muquirana), ótimo ótimo jovem gafanhoto, esse é o caminho, porém eu sei que tem uma coisa te incomodando... do jeito que as coisas estão indo você só irá terminar de pagar suas dívidas em 2045 (eco 2045...2045...2045...45...45), tá tá, já entendi, pra você não ficar aí achando que vale a pena ser caloteiro nesse Brasil, uma forma bem rápida de você acabar com suas dívidas é ganhando mais, fazendo renda extra, mas como o assunto é bem extenso, pretendo dedicar futuramente diversos artigos sobre o assunto.


Espero ter ajudado e comenta aí.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem sou eu

Minha foto
Olá, eu sou o Guilherme Costa, tenho 30 anos, sou servidor público, pai, marido, investidor e por último não menos importante, estudante de Engenharia Elétrica mas como ultimamente tenho "respirado" mercado financeiro estou completamente desmotivado com a Engenharia e estou buscando um curso de graduação voltado para o mercado financeiro, ainda não me decidi, cenas dos próximos capítulos. 25/06/2019