domingo, 1 de dezembro de 2019

Fechamento de Carteira Novembro 2019


Depois de muito tempo sem tempo, estou eu aqui pra mais um mês de abobrinhas em relação aos meus investimentos, eu dei um tempo dos fechamentos pois estava sem tempo, mas tive tempo pra dar uma analisada e percebi que era hora de tentar coisas novas, resolvi colocar 100% em FII's e aconteceu exatamente o que eu queria, tive um aumento de renda passiva e diminuição da volatilidade da carteira, só que percebi também que era o que eu não queria e resolvi começar a montagem da carteira toda de novo com os novos aportes e rebalanceando, aí ficou do jeito que eu queria, só que agora pretendo aumentar as classes de ativos em carteira, pensei numa mega diversificação, percebi que eu gosto mesmo é de pulverizar os investimentos e que se fodam o que os educadores financeiros dizem sobre pulverização para iniciantes, mas como o assunto de pulverizar pode virar um bom artigo vou deixar essa conversa fiada para depois, por enquanto vamos ao que interessa.


POSIÇÃO NO FECHAMENTO




FUNDOS IMOBILIÁRIOS


Não vou mentir para vocês, eu assino a SUNO Research portanto qualquer semelhança não é mera coincidência, entendi que não tenho tempo para ficar analisando empresas o dia inteiro e resolvi assinar a SUNO, fala sério, uma mensalidade bem baixa para ter uma equipe de analistas pra você e não me venham citar Barsi por aqui, li todos os livros da SUNO e simplesmente concordo inteiramente com a filosofia de investimentos deles e não sigo cegamente as recomendações of course, principalmente recomendações de desinvestimento, vendo minhas cotas com muita cautela, se for um giro de carteira só porque tem outros fundos com uma maior oportunidade eu não vendo, só não aporto mais, o dia que o fundo ficar ruim de verdade (perder os fundamentos) aí sim eu vendo com prejuízo ou não.

AÇÕES DE DIVIDENDOS


Segue o mesmo raciocínio dos fundos imobiliários, porém tenho somente um ativo pois estou montando a carteira ainda e minha estratégia de montagem de carteira se resume a diversificar primeiro em diferentes classes de ativos e depois irei diversificando dentro das carteiras específicas, sempre balanceando através dos aportes.


AÇÕES DE VALOR


Segue o mesmo raciocínio de FII's e Ações de Dividendos.

RENDA FIXA


Antes que alguém fale sobre IMAB11 não ser renda fixa, eu digo que é e não é hehehe, o IMAB11 é um ETF que tem a maior parte de sua posição em NTNB's, portanto é um ETF que segue a volatilidade do tesouro direto, sem as taxas do tesouro direto, é como se eu tivesse comprado TD sem pagar as taxas que eu pagaria se comprasse TD, eu chamo de "renda fixa variável" e resolvi colocar essa bizarrice na parte de renda fixa da minha carteira.

INVESTIMENTOS EM DÓLAR

Como meu aporte é pequeno, não vale a pena pra mim fazer remessa com a grana e converter em dólar, principalmente com as doletas alta pra caraio e segundo nosso querido Ministro da Economia, vai fcar mais alto ainda, eu simplesmente não entendo como a inflação ainda continua baixa com o dólar esticao desse jeito, o povo tá gastando com nada mesmo, ou as leis de livre comércio estão sendo fortemente reguladas, na verdade em relação a inflação estar baixa não é o que sinto quando vou ao supermercado fazer comprar, estou comprando cada vez menos e todos os meses tenho que ficar mudando hábitos de consumo, sinceramente não sei se o IPCA vai ficar comportadinho assim por tanto tempo mais não, a Caixa Econômica já anunciou financiamento imobiliário com correção pelo IPCA, pra mim isso é o prelúdio de uma nova crise no Brasil, em outras palavras o Brasil só está sendo Brasil, o jogo continua.
Mas enquanto o jogo continua, vou direcionar parte dos meus recursos em moeda forte e como meu aporte é pequeno vou ir comprando IVVB11 que é um ETF brasileiro que copia S&P500 dolarizado, em teoria é a mesma coisa que você tivesse feito uma remessa para o exterior e tivesse comprado algum ETF de S&P500 nos EUA, a diferença que não faz remessa alguma e o dinheiro fica aqui pertinho de você e com a liquidez da B3, mas assim que minha carteira estiver com uma graninha mais alta vou fazer umas remessas e ir montando uma carteira no exterior, fiquei sabendo que os ETF's por lá pagam dividendos, um sonho que aqui no Brasil os ETF's façam o mesmo, será que um dia vai?

IMÓVEIS

No momento tenho um apartamento onde moro e que comprei há uns anos atrás pelo minha casa minha dívida e pago financiamento, o valor que está discriminado é o valor de mercado médio subtraído do saldo devedor do financiamento.
O valor de mercado médio eu calculo tirando uma média ponderada dos apartamentos a venda na região, é só uma estimativa feita por mim, nenhum dado oficial ou métrica feita por super corretores/incorporadores/analistas imobiliários, uma coisa bem simples só pra eu ter uma noção de quanto mais ou menos eu vou ter se eu decidir transformar o apto em dinheiro, mas não pretendo me desfazer do apto tão cedo pois é a minha moradia.
Antes que me questionem sobre o financiamento, eu o consegui com uma taxa de juros muito baixa a época sem nem me esforçar pra isso, era incentivo do Governo Federal, hoje com a SELIC bem mais baixa estou me planejando quitar esse financiamento, mas o farei com dinheiro de aportes que vou colocando nesta parte da minha carteira pelo rebalanceamento, não tenho pressa em relação a isso, pois consigo pagar o financiamento sem me apertar e sou servidor público, não corro o risco de ficar sem trabalho.
Após quitar o financiamento pretendo fazer umas especulações imobiliárias com os recursos aportados aqui, comprar lote aqui e ali em lugares afastado, com o tempo ir construindo aqui e ali e por aí vai.

EMPRESAS


Estou dando os primeiros passos no empreendedorismo, estou muito empolgado com isso, os valores que coloquei ali, são valores que gastei para compra de equipamentos e um estoque básico de produtos, estou fazendo estampas em camisas e vendendo, como faço isso part-time ainda não deslanchou, vamos ver agora nas férias de faculdade e verão, pretendo fazer muita renda extra no verão pois moro perto da praia e verão por aqui bomba.

A minha ideia de colocar a classe de ativos "Empresas" foi a de destinar uma parte dos recursos para montar negócios e investir em startups, mas como tenho algumas vontades empreendedoras, vou usar isso inicialmente comigo, o bom de ter uma parte dos recursos voltado pra isso é que a vontade de alavancar o negócio some e a gente não faz nenhuma doideira e fica endividado e arriscando em coisas altamente arriscadas.

OURO


A intenção de ter ouro é de apenas tentar fazer um hedge passivo da minha carteira, com essa briga EUA e China trazendo um reviravolta por semana o ouro deu uma bela de uma subida e me chamou a atenção, sei que não é certo olhar para um ativo e optar por comprá-lo por conta de rentabilidade, mas minha intenção não é a de ficar rico com ouro é só a de proteger minha carteira caso algo de muito errado.

Em Janeiro estarei comprando ouro se tudo der certo, a primeira semana do ano na bolsa é sempre maravilhoso, minha esperança é o ouro dar uma corrigida nessa primeira semana e eu compro com o aporte do mês (mas se não cair vou investir do mesmo jeito hehehe, vai que sobe mais).
Estava pesquisando sobre como investir em ouro e percebi que a forma mais barata e de melhor custo-benefício de fazê-lo é comprando fundos que investem em ouro, só minha opinião, mas das opções que eu pesquisei na internet pra mim é a única que se apresentou viável, mas também não parei pra pensar fora da caixinha sobre como investir em ouro, não me venham com pirâmides!!!

ESPECULAÇÃO


Não irei falar muito sobre isso aqui, pois pretendo dedicar um post somente sobre o método que estou utilizando para especular, parei de mexer com AT e toda minha tomada de decisão se baseia somente em análise fundamentalista, o resultado é que parei de perder dinheiro com stop loss e tive um resultado positivo nos últimos dois meses com esse método, não irei vender esse método, não pretendo ter ganhos com isso.

Outra coisa que pretendo futuramente, quando tiver mais dinheiro dedicado nesta parte da minha carteira é diversificar os tipos de especulação, pretendo comprar coisas baratas em leilões de todos os tipos e revender depois a preço de mercado, mas esse é um projeto para quando eu tiver capital pra isso.

AGROPECUÁRIA


Esse é outro projeto para o futuro, alguém já ouviu falar em poupança verde? Pra quem nunca é uma modalidade de investimento onde o dinheiro é investido em plantação de árvores e de 10 a 15 anos depois a madeira dessas árvores são vendidas para empresas que as utilizam em seus processos de produção. Com 1ha de terra é possível se chegar ao milhão, em outras palavras se tudo der errado eu consigo bater no milhão com a poupança verde, não tenho interesse em outras formas de investimento agropecuário, mas se algo mais me interessar não pretendo me limitar a isso.

Como tudo tem um começo, irei aportar inicialmente em algum título de renda fixa com alta liquidez até ter dinheiro o suficiente para começar o negócio.

PROVENTOS RECEBIDOS EM NOVEMBRO

GGRC11:___________________________________________________________________R$4,76
FIIB11:_____________________________________________________________________R$5,34
VRTA11:___________________________________________________________________R$6,48
HGCR11:___________________________________________________________________R$5,92
VISC11:____________________________________________________________________R$5,04
HGLG11:___________________________________________________________________R$4,68
MALL11:___________________________________________________________________R$3,87
RBRR11:___________________________________________________________________R$4,91
WIZS3:____________________________________________________________________R$52,12
ALZR11:___________________________________________________________________R$6,02
XPML11:___________________________________________________________________R$4,72
TOTAL DE PROVENTOS: _________________________________________________R$ 103,86

NÃO VEM EM MIM TRIBUTAÇÃO DE DIVIDENDOS!!! PASSA LONGE PESTE!!!

APORTE MENSAL:

Dinheiro Novo:____________________________________________________________R$300,00
Proventos:________________________________________________________________R$103,86
Aporte Total de Novembro:__________________________________________________R$403,86

Vou investir em investimentos em dólar esse mês pois é um dos ativos que ainda estão zerados na conta, tirei no cara ou coroa se você quer saber o ultra inovador método de tomada de decisão, o primeiro filtro é aportar no ativo que está mais pra trás, como tenho três classes de ativos empatados com zero de dinheiro e como ouro eu vou esperar Janeiro, acabou saindo que o aporte de dezembro será em IVVB11.

Abraços.

domingo, 10 de novembro de 2019

A Polêmica do Preço Importa!!


Recentemente tive um embate com um amigo em relação a preço, só para nos contextualizarmos ele entrou no mundo da renda variável através do Bitcoin, assim como eu, a diferença é que tem 2 anos que eu "larguei as drogas" e meu amigo começou a se "desentoxicar" agora, entramos juntos em 2017 no auge, acho que não tem jeito qualquer um só entra no mundo dos investimentos quando temos aquelas capas de reportagem tipo essa:

Resultado de imagem para capa exame larguei tudo para viver de bolsa 

O marketing do enriquecimento é pesado, afinal quem não quer ficar rico? Algumas pessoas insistem que rico e dinheiro é coisa do capeta, mas elas esquecem que sem os investidores e o tutu que investimos ela fica sem emprego, mas isso é ladainha pra outro post.

Conversando com esse chegado, ele virou para mim e disse "Cara! você está dando mole, você tem que investir na carteira recomendada da Modal, você sabe qual a rentabilidade que eles estão tendo? Dá uma olhada já está em 60% esse ano!". Confesso que até me deu vontade, mas eu respirei fundo e já que ele é relativamente novo na bolsa, está engatinhando no Buy & Hold, resolvi orientar meu camarada em relação a ficar olhando rentabilidade na hora de investir (quem é Buy&Hold raíz toca um foda-se pra rentabilidade) e também tem aquela  que vemos muito por aí na internet "rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura" é a desculpa das corretoras pra rebolar perante ao sardinha que tem muita grana.

Daaaaí resolvi mandar umas voadoras do Bastter pra ele HAHAHAHA, minha opinião, o cara é curto e grosso mas sabe o que fala, confesso que das primeiras vezes que vi os vídeos dele me bateu um ódio, mas isso eu era muito sardinha, hooje quando eu revi os vídeos quase que eu assinei a plataforma dele, quase... mas foi num dos vídeos que meu amigo virou e disse "Preço importa sim! Que baboseira é essa?".

Respirei fundo novamente e olha que debate maneiro que tivemos:

Eu: Preço importa para fazer trade! No longo prazo seu preço médio cai naturalmente fazendo aportes.
Amigo: Mas se eu ficar comprando caro não vou ter rentabilidade algumas, a renda fixa é melhor assim.
Eu: Olha, como você pensa em investir? Esperar cair para comprar? Veja bem, empresas boas caem por um período muito curto de tempo e depois voltam a subir, você vai guardar seu dinheiro na renda fixa esperando acertar um fundo?
Amigo: Não! vou investindo aportando, alocando e tudo mais!
Eu: Nesse caso preço não importa e você vai entender isso um dia! Mas já lhe digo que se você ficar esperando acertar um fundo você vai ficar preso muito tempo na renda fixa e vai perder praticamente boa parte das subidas. Como você está começando agora na filosofia do Buy & Hold você tem que entender que a lógica é outra, somos sócios (#SQN) das empresas que seguramos e "sócio tem que querer comprar cada vez mais caro" (frase que vi no Bastter tbm).
Amigo: Não concordo com isso! se tiver caro eu não compro.
Eu: Entendi! (na verdade ignorei) Vamos pegar uma empresa pagadora de dividendos e no momento do seu aporte o DY da empresa está em 10%, significa que o valor que você aportou irá retornar pra sua mão nos próximos 10 anos, será o retorno do seu investimento e no final você ainda terá os papéis comprados lhe pagando dividendos, preço importa?
Amigo: Nesse caso não... mas em qualquer outro sim.

Já coloquei o meu ponto de vista, a conversa não parou por aí, no fim das contas ninguém convenceu ninguém e ele ainda acha que estou dando mole de não investir na carteira recomendada da Modal e eu acho que isso não importa bulhufas.

Andei meio sumido do blog, pois minha vida está uma loucura, comecei um negócio, estou fazendo faculdade e sendo pai nas horas que tenho com minha filha, é exatamente como dizem por aí, "quem trabalha não tem tempo de fazer vídeo", no meu caso to apertado pra escrever hehehe, mas não pretendo desistir do blog, só que não vou ficar postando regularmente.

Alguém acha que preço importa? Comentem!!!

Recomendação de leitura

Segue abaixo recomendação do livro "Faça Fortuna com Ações Antes Que Seja Tarde" do Décio Bazin é um excelente livro, não vou recomendar porcaria, se você acessar o link abaixo e achar interessante efetuar a compra, sentirei muito motivado a continuar escrevendo para o blog e todo dinheiro arrecadado dessa forma irei doar para quem precisa! Você vai estar fazendo o bem e adquirindo conhecimento! Combinado?


domingo, 30 de junho de 2019

Fechamento Carteira BM Junho de 2019





"A maioria das pessoas se interessa por ações quando todo mundo está interessado. O momento de interessar-se é quando ninguém mais se interessa. Não se ganha dinheiro comprando o que é popular." Warren Buffet

Vou repetir essa frase esse mês pois esse mês alguns fundos imobiliários corrijiram por motivos desimportantes, na verdade o principal motivo da correção foi a sardinhada, muitos experimentam a renda variável começando pelos fundos imobiliários e na primeira queda já se desesperam, ou então se desesperam na primeira noticiazinha levemente negativa, aquele tipo de notícia que nem cócegas faz nos fundamentos do ativo, enfim, vamos ao que interessa.

Antes preciso informar uma decisão que tomei em relação a divulgação dos ativos que possuo, sei que mesmo avisando aqui que não é uma recomendação posso estar fazendo algumas pessoas investirem usando os ativos que aqui estão, então a partir de agora só irei informar a minha alocação macro, ou seja, a minha alocação somente em classes de ativo, a minha rentabilidade em cada uma e em seguida onde aportei.

Tomei essa decisão para evitar futuras dores de cabeça ou pior.


Alocação

Ativo Alocação Teórica Alocação Real
Tesouro Direto 33,33% 34,30%
Ações 33,33% 34,30%
FII's 33,33% 31,40%

Esse mês a carteira ficou propositalmente desbalanceada pro lado do Tesouro Direto, pois no aporte do inicio do mês eu estava achando os FII's meio caros e acabei guardando a parcela que iria para os Fundos Imobiliário em Tesouro Selic.

Carteira BM


Carteira BM
Ativo % Em Carteira Rent. Individual Rent. Geral na Carteira
TESOURO DIRETO 33,80% 5,56% 1,88%
AÇÕES DE DIVIDENDOS 33,50% 6,85% 2,29%
FUNDOS IMOBILIÁRIOS 32,70% 0,16% 0,05%
DIVIDENDOS+ALUGUEIS+JUROS RECEBIDOS 0,16%
RENDIMENTO TOTAL DA CARTEIRA 4,38%




Rebalanceamento + Aporte


Esse mês o aporte representou 9,03% da minha carteira e como os fundos imobiliários ficaram para trás, acabei investindo neles mesmos, não precisei de vender nada, estudando as diversas estratégias de rebalanceamento, estou adotando a que assume faixas de tolerância, se mesmo com os aportes a carteira continuar muito desbalanceada (extrapolar a faixa de tolerância) aí sim eu vendo um pouco, só um pouco dos ativos que estão me trazendo mais lucro.

E irei concentrar meu aporte na classe de ativo mais atrasada, assim eu economizo horrores com corretagem, sim eu pago corretagem, mas não pago muito, onde tem corretagem zero o serviço é ruim, acredite em mim eu já experimentei a corretagem zero, porém na minha corretora, tesouro direto e fundos imobiliários são livres de corretagem, só em ações é que se paga.



Nova Posição Carteira BM
Ativo % Em Carteira Rent. Individual Rent. Geral na Carteira
TESOURO DIRETO 31,63% --- ---
AÇÕES DE DIVIDENDOS 31,66% --- ---
FUNDOS IMOBILIÁRIOS 36,71% --- ---
DIVIDENDOS+ALUGUEIS+JUROS RECEBIDOS ---
RENDIMENTO TOTAL DA CARTEIRA ---

 

Conclusão


Essas regras de aporte torna minha carteira de investimentos o mais próximo do Buy and Hold, porém sou um investidor que gosta muito de acompanhar meus investimentos de perto, gasto muito tempo e energia nisso, não consigo deixar de lado e abrir o Home Broker uma vez no mês, fico o tempo todo garimpando empresas e testando estratégias, então acho que não me enquadro no conjunto dos investidores passivos.

Estou muito satisfeito com o resultado da minha carteira, estou com rentabilidade acumulada no ano de 20,43% o que é muito na minha opinião, mas como estamos num bull market, não considero um bom parâmetro, no bear market é que descobrimos os bons.

A minha carteira isolada de ações está com um acumulado de 24,00%, a de FII's 6,74% e a de TD está com 21,57%.

Esse mês novamente a carteira BM bateu o IBOV, a carteira BM rendeu 4,38% contra 4,06% do IBOV.


Placar (2019): Carteira BM 4 x 2 IBOV

Curva de Desempenho Carteira BM x Índices

Em azul está a carteira BM ganhando vantagem.


Curva de Desempenho Isolado das Carteiras Que Compõem A Carteira BM

Em azul está a carteira BM

Meta da Independência Financeira: 1,12% Alcançada

Abraços